quinta-feira, 12 de abril de 2012

Enquete: Você já ouvir falar da Revista Realidade ?

A revista REALIDADE foi responsável pelo rompimento do jornalismo tradicional nas décadas de 60 e 70. Suas páginas tinham reportagens de grande riqueza informativa que impressionavam pelo aspecto literário e pela densidade em suas produções. Apesar de toda sua relevância histórica para o Jornalismo Brasileiro, muitas pessoas desconhecem sua existência, inclusive estudantes de Comunicação Social. A enquete abaixo comprova essa afirmação.

Você já ouviu falar da Revista Realidade?

"Não" (Marlon Moura, 23 anos, auxiliar de biblioteca da FACHA)

"Não" (Arlete de Oliveira, 47, atendente de biblioteca da FACHA)

"Não" (Ana Carolina Dias, 22, Jornalismo, 6º período)

"Não" (Caroline Lourenço, 19, Jornalismo, 2º período)

"Não" (Jackeline Nascimento, 43, Direito, 9º período)

"Sim. Inclusive tenho algumas edições da revista guardadas em casa. A revista Realidade em uma determinada fase fazia críticas ao período militar e depois passou a sofrer censura. É quando ela perde sua essência e passa a ser um periódico de 'faits divers'. Trata de assuntos entremeados, sem aquele enfoque crítico que a caracterizou no início". (Professor Nelson Romeiro, coordenador do curso de Publicidade)

"Não" (Sueli dos Santos, 55, auxiliar de serviços gerais)

"Sim. Jamais cheguei a ler a revista, mas já ouvi muito falar dela, sei da linha editorial ousada que adotava, apresentando matérias densas, muito detalhadas. É de grande importância e deve servir de referência para os estudante de Jornalismo de hoje em dia"
(Heleno Alves, 51, coordenador de Projeto Artístico do NAC)

"Sim. Certamente já ouvi falar, mas nunca tive a oportunidade de ler" (Marcelo Bastos, 62, Superintendente Administrativo)

"Não" (Érica de Souza, 28, auxiliar de secretaria e estudante de Turismo)

"Sim. Já ouvi dizer que é uma revista que fez muito sucesso da década de 70, abordava assuntos polêmicos, reportagens diferentes, é a grande referência do chamado Jornalismo Literário" (Cíntia Ladeira, 22, Jornalismo, 7º período)

"Não" (Rafaela Cascardo, 18, Jornalismo, 3º período)

"Não" (Márcio Christ, 50, coordenador de extensão)

"Não" (Berenice Maria, 52, auxiliar de serviços gerais)

"Não" (Pedro Travancas, 17, Relações Públicas, 1º período)

"Não" (Rachel Lopes, 21, Relações Públicas, 6º período)

"Não" (Rayan Gonçalves, 20, auxiliar de multimail)

"Sim. Meu pai era um ávido leitor da Revista Realidade. Demorava semanas para ler todas as reportagens e sempre dizia que ia guardar para lermos quando crescêssemos. Teve uma grande importância para a época e eu acredito que o tipo de jornalismo feito tenha que ser do conhecimento de todos que querem ingressar na área de Comunicação" (Rosemary Duarte, 51, Contadora)




Enquete realizada pelos alunos: Clara Paixão e Luiz Filhozzi

Nenhum comentário:

Postar um comentário